sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Retiro Campestre

Esta casa rural típica da região de Las Hurdes, Espanha, com um estábulo no térreo e habitação no pavimento superior, foi remodelada por Javier Carrasco e Juan de Mayoralgo e convertida em uma segunda residência campestre.

O imóvel conta com pintura à base de cal nas paredes e se distribui atualmente em três pavimentos pequenos, mas muito bem aproveitados.


No hall de entrada, piso revestido por ladrilhos de terracota, que na escada foram arrematados com uma faixa de madeira.


O guarda-corpo de ferro é bem aberto e leve. O teto foi reconstruído a partir do que pôde ser aproveitado do original. O pé-direito da sala é duplo e os móveis têm inspiração clássica.


Na cozinha, a rusticidade das vigas recuperadas no teto e da coifa de alvenaria são combinadas com a suavidade do verde do mobiliário. Algumas portas dos armários possuem tela de galinheiro e cortinas, contrastanto com a modernidade da cuba cerâmica aparente e do fogão.



Neste quarto as vigas no teto permanecem como elemento comum da residência, mas foram alvejadas. A cabeceira foi executada em alvenaria e, uma vez que o dormitório não é muito amplo, foi dada preferência às cores claras, com tecidos brancos em várias texturas. A cadeira em estilo Luis XV proporciona um espaço de leitura agradável.



Este quarto é simples e prático, mas não lhe falta personalidade. O tom bege nas paredes aquece o ambiente, combinado com a colcha e a cabeceira de ferro. O teto com vigas de madeira e a esquadria da janela no mesmo material são suavizados pela cortina e pelos travesseiros brancos, que dão um toque de luminosidade ao ambiente.


Com pouca metragem (pouco mais de 100m²), a residência mostra que é possível ter uma atmosfera agradável e acolhedora mesmo em pequenos espaços. Todos os materiais são simples, muitas vezes naturais, e o resultado final é de tranquilidade e descanso - tudo o que desejamos de uma casa no campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails