terça-feira, 4 de novembro de 2014

Prós e Contras


Depois que fiz o post falando sobre tampos claros e escuros para cozinhas, chegaram por email uma série de perguntas, considerações e opiniões. Achei que valeria a pena expandir o assunto e falar dos materiais mais usados, além dos prós e contras de cada um. Espero que seja útil para ajudar aqueles que estão construindo e precisando saber mais sobre cada opção no mercado!

Granito

Sem dúvida é o material mais comum para tampos de cozinha. A durabilidade é a sua grande vantagem, além de boa tolerância ao calor e resistência a riscos e outros excessos do dia-a-dia. Poucos têm cor clara.



Mármore

É elegante, atemporal e uma escolha comum pela estética, porém precisa de muitos cuidados por ser bastante vulnerável a manchas, mesmo com aplicação de selador.




Concreto

Muito pouco explorado. Tem visual industrial e suporta bem o uso intenso, apesar de não ser tão tolerante ao calor quanto outros materiais. Deve ser selado frequentemente para evitar manchas.






Silestone

Ao contrário do mármore e do granito, não é um produto natural. Fabricado com uma mistura de quartzo, cristal e resinas, tem alta resistência e baixa absorção de líquidos. Por ser artificial, é oferecido em uma ampla gama de cores, incluindo o branco puro. É antibacteriano e, por não ser poroso, é também o mais resistente a danos e manchas.




Laminados

O uso vem caindo bastante, mas ainda existem no mercado porque o custo é muito baixo. têm resistência razoável a manchas, mas não tanta ao calor. Precisarão ser substituídos com mais frequência que os outros materiais, já que em alguns anos mostram sinais claros de uso.

Corian

É um material sintético, feito de resina acrílica e minerais. Não é poroso e não necessita de selador. É bastante resistente a manchas, mas não tanto a arranhões e calor.


Madeira

A aparência é clássica, de pouca manutenção. Podem aparecer riscos, mas estes são fáceis de reparar. Pode acumular bactérias e precisa ser desinfetado com freqüência. Não usaria em toda a cozinha, mas cai bem em mesas de apoio ou ilhas. Combina com vários estilos de decoração. Eu tenho em casa e usamos o tampo diariamente há 6 anos. Está novo e, para uma cozinha branquinha, trouxe a a textura que faltava. Recomendo.



Tenham uma ótima semana!

5 comentários:

  1. Na cozinha tenho granito e mármore.Na área de serviço, tenho de granitos.
    Nos banheiros tenho Marmoglass(belíssimos).

    ResponderExcluir
  2. Olá Débora!
    Ainda não posso definir nada de granitos, rsrsrs, pois moro de aluguel, mas simplesmente acho lindo estas cozinhas brancas, em uma linha mais tradicional e não moderna, posso dizer tipo estilo americano? Aqueles balcões e armários grandes?
    Este post deu para ficar suspirando com as imagens!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Ótimas dicas, sou apaixonada pelo silestone, se pudesse usaria ele nba minha cozinha toda, mas como não dá vou optar pelo granito, provavelmente o café imperial nacional!

    ResponderExcluir
  4. Oiii


    O meu teve que ser granito, pois foi o que ficou mais em conta sabe??

    Mas adorei esse concreto..super moderno neh???

    bjinho
    www.enquanto-isso.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post didático e informativo... Esse silestone parece tudo de ótimo, não? Mas ainda prefiro o mármore: sempre um clássico, ainda que não tão prático..rs

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails