sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Rose Gold e Cobre


Para começar, vamos deixar claro que eu adoro um toque metálico no ambiente, seja ele qual for. Aqui em casa uso muito, principalmente o ouro velho. Gosto porque ele dá o destaque que eu quero, é clássico, versátil... e não enjoa!



Mas, se for para falar de tendências, não há dúvidas: nada está tão em alta ultimamente quanto o cobre e o rose gold.

Vou falar sobre os dois juntos porque ambos são metais de tons quentes e a diferença de acabamento é muito sutil. Para quem não sabe, o rose gold nada mais é que uma liga de ouro + cobre (quanto mais cobre, mais avermelhada ela fica).








Para quem acha que o rose gold é novidade, posso afirmar que não: lá pelo século XIX ele era popular na Rússia (quando, aliás, era chamado de russian gold) e depois se espalhou na era vitoriana. O grande sucesso veio na década de 1920, quando a Cartier lançou o anel Trinity, entrelaçando as três cores do ouro: branco, amarelo e rosa.







Acho que, em interiores, a regra para qualquer metal é que seja usado sem exageros. Eu colocaria em acessórios ou pequenos móveis (a estrutura de uma mesa lateral, por exemplo).



Apesar da sua história, ainda é muito cedo para saber se o rose gold vai virar um clássico ou se é só uma moda passageira na área de decoração. Na minha opinião, tanto ele quanto o cobre ficam lindos com branco, tons pastéis (principalmente aqueles com tons mais quentes) ou em contraste com cores escuras.

E vocês, o que acham? Têm alguma peça? Como usam? Comentem!


8 comentários:

  1. Imagens lindas e inspiradoras, Debora! Fiquei até com vontade de ter alguma coisa "rose gold e cobre" aqui. Os lustres, as velas... eu quero;)
    Bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Uau...que seleção incrível! Queria uma peça em rose gold! Esse ventilador acima, por exemplo!

    ResponderExcluir
  3. Olá Débora, eu confesso que ando de paixão pelo cobre. Vejo tantas coisas bonitas por cá. Mas eu te pergunto: será q eu devo misturar cobre na minha casa que tem tantos detalhes em metal? Estou aqui suspirando com as fotos. Bom Domingo querida, beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Acho lindo Débora, eu não vejo a diferença entre eles, acho que pessoalmente é mais nítido do que pelo monitor.
    Achei que era uma coisa nova, mas pelo jeito, tudo que usamos hoje foi criado ou foi tendência já faz tempo.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Débora,
    Que lindas inspirações,eu também adoro um toque de Midas na decoração,pode ser dourado, prata ou cobre.E hoje lembrei de você com a história da "fruteira" diamante da Tok Stok.No Leroy Merlin tá cheio de luminárias Himmeli, douradas e cobre e rosa gold :)
    Besitos e tenha uma semana abençoada

    ResponderExcluir
  6. Como é lindo o Cobre e esse Rose gold(não conhecia).
    Mas será que resistem a maresia?

    ResponderExcluir
  7. Adorei este tom rosado em contraste com o branco!! Gosto muito de peças de cobre e tenho no meu estar íntimo, sobre um lambri branco, uma coleção de panelas antigas de cobre. Qualquer dia eu mostro!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Débora, eu adoro um toque de metal na decoração, apesar de não ter nada no género lá em casa. Dá um destaque sem cair no pretensioso do muito dourado. Em Portugal onde a indústria de joalharia é famosa, está muito na moda o ouro rosa. As montras estão cheias de peças lindas! beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails