sábado, 26 de dezembro de 2009

Paraíso Italiano


Olhando a propriedade impecavelmente branca sobre uma encosta na ilha de Capri, Itália, não imaginamos que sua vocação hoteleira data de 1885 e que já serviu de base para diferentes estabelecimentos de várias épocas: Continental, Metrópole (após a Primeira Grande Guerra) e Palatium - nome dado após uma reforma nos anos 80, quando foram realizados importantes achados arqueológicos no local (na verdade, a propriedade foi erguida sobre cisternas do período romano).


No início, era uma propriedade particular chamada Villa Bovaro, construída antes de 1878 e que se converteu em hotel dentro de menos de 7 anos. Consistia em um edifício de dois pavimentos, com 10 quartos no térreo e outros 8 no primeiro andar.


Hoje, ainda é o único hotel da ilha com acesso direto à praia; também fica próximo ao maior porto local, Marina Grande, e conta com 22 suítes com vista para o jardim impecavelmente mantido ou para o mar em uma propriedade com atualmente 4 pavimentos, com diárias mínimas de 500 euros na baixa temporada.



Após a última renovação, assinada pelo arquiteto fiorentino Michele Bonan, foi reinaugurado em 2007 com o nome J.K. Place e faz parte da seleção de Small Luxury Hotels of the World (SLH).


O local é paradisíaco, e a decoração, não apenas dos quartos, mas também das áreas comuns, foi concebida de maneira que passasse a sensação de uma visita em uma residência particular.



A recepção pouco lembra o ambiente austero que costumamos encontrar em grandes hotéis, e combina com perfeição o antigo e o novo: no exemplo das imagens abaixo, guarda-corpo com inspiração oriental e galeria de quadros com peça central antiga ladeada por fotografias mais contemporâneas em branco e preto.



Entre as amenidades oferecidas está uma biblioteca repleta de volumes da Taschen - um paraíso para quem se interessa por assuntos como arquitetura, arte ou moda. Entre as obras, um enorme livro em homenagem a Helmut Newton, mestre da fotografia erótica. Com cerca de 30kg e mais de 60cm de comprimento, ele vem acompanhado de um suporte próprio, desenhado por Phillipe Stark, e é o maior e mais caro livro produzido no séc. XX: custa 19 mil dólares.



Cada suíte foi decorada individualmente com mobiliário de alto padrão (que inclui cômodas francesas da década de 40) e uma série de acessórios de luxo. A mesma atenção aos detalhes foi dedicada aos enormes banheiros, revestidos de mármore e com produtos de beleza e higiene exclusivos que levam a marca do próprio hotel.




O pequeno restaurante serve um ótimo café da manhã, e chá durante a tarde.



A grande varanda com vista para o mar é ligada à piscina e spa por uma pequena escadaria.


Com decoração impecável e uma vista de tirar o fôlego, o J.K. Place é uma linda propriedade em um pedaço do paraíso.


Para mais informações e imagens, visite J.K. Place Capri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails