domingo, 21 de fevereiro de 2010

Pronto para Receber

Tenho a impressão que tempos atrás quase toda casa tinha um quarto de hóspedes. Hoje, com os imóveis cada vez menores, poucas pessoas ainda têm a possibilidade de oferecer um espaço assim.


Mas ainda existem aqueles casos que persistem, em que inevitavelmente teremos ou seremos hóspedes de alguém: os pais que recebem os filhos (às vezes já casados), avós que recebem os netos e as visitas à casa da praia, para citar alguns.

Em todos eles, é importante que os hóspedes possam se sentir independentes do restante da casa (você nem sempre estará por perto!) e, por isso, o quarto ideal deve oferecer o conforto e as conveniências de um bom hotel - mas com um toque mais pessoal.


Não pense que isto queira dizer luxo. Aliás, como o espaço poderá ser usado por pessoas com gostos e idades muito diferentes, opte pela simplicidade. Mantenha as cores neutras e escolha um tom de destaque apenas para colcha, almofadas e alguns objetos de decoração. Evite incluir objetos muito pessoais, como fotografias da sua família.

Deixar alguns travesseiros extras no guarda-roupas é interessante para que seu hóspede possa usá-los da maneira que achar confortável sem que precise pedi-los a você. O mesmo acontece com toalhas.


Também não é obrigatória a presença de uma cama de casal: usando duas peças de solteiro os hóspedes têm a opção de dormir separados ou uni-las.

Imagem via Wisteria

Além da cama, um criado-mudo e uma luz para leitura são os itens essenciais para este ambiente. Ofereça também um espaço para as roupas, como uma cômoda.

Se você quiser incluir alguns mimos para seus hóspedes, considere deixar uma cesta de pequenos frascos de shampoo, condicionador e sabonete no banheiro, ou bombons sobre o criado-mudo. São gestos simples e muito acolhedores.

Imagem via Southern Living

Para aqueles que gostariam de ter um quarto de hóspedes mas não querem abrir mão de um cômodo para isso, a solução é criar um espaço multifuncional, como um armário para guardar roupas de outras estações ou uma escrivaninha e prateleira que funcionem como escritório (e os livros e revistas que geralmente ficam guardados neste ambiente ficam convenientemente à disposição dos hóspedes).

Imagem via Pottery Barn

Imagem via Oliveaux

E para aqueles que desejam a situação inversa (um cômodo em que a função principal não seja a de receber visitantes) uma daybed pode ser a solução. Usada diariamente como sofá, só se converte em quarto de hóspedes quando houver necessidade.

Imagem via HGTV

Receber bem não é tão difícil quanto parece. Capriche nos detalhes que mostrem que seu hóspede é bem-vindo: se você considerou oferecer sua casa por alguns dias, certamente é porque ele merece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails