terça-feira, 2 de novembro de 2010

Passagem Para: Mamie Gâteaux

Acho que todos gostamos de descobrir bons lugares para frequentar.

Este é o objetivo de "Passagem Para:", sessão que começo a escrever hoje. A intenção, porém, não é de incluir grandes redes, mas pequenas lojas, hotéis e restaurantes pequenos e exclusivos.

O único requisito é este: que sejam especiais, únicos, cada um à sua maneira. E que nos deixem sempre ansiosos pelo próxima visita - sejam na nossa cidade, em viagens ou na nossa imaginação.

Inaugurando a sessão, hoje a passagem é para...


O conceito, por si só, já garante a entrada da Mamie Gâteaux na minha lista. Parte salão de chá, parte loja de antiguidades e até boutique, o lugar oferece chás, cafés e uma infinidade de tortas caseiras, além dos especiais no horário do almoço.


O universo do lugar nos lembra a infância, mobiliado com mesas e cadeiras escolares e que também evoca a sensação das casas de nossas avós. Podem ser comprados livros de receitas, geléias, compotas, e muitos dos elementos decorativos expostos.

A frequência é predominantemente feminina, talvez pela localização próxima a uma excelente área de compras e à loja de departamentos Bon Marché.


O salão de chá abriu em 2003, instalado em um imóvel de 1789 (!). Mais tarde houve a adição de uma loja de antiguidades e de uma boutique, completando o negócio do casal proprietário - ele francês, ela japonesa, originalmente de Tóquio.

O lugar apresenta só um problema grave: você não vai mais querer ir embora!


Saiba tudo em Mamie Gâteaux.

....................

O salão de chá, a boutique e a loja de antiguidades (brocante) ficam em Paris, na Rue du Cherche-Midi nos números 66, 68 e 70, respectivamente. Os metrôs mais próximos são o Saint-Placide e Sèvres Babylone. Vale a pena anotar no caderno de quem estiver planejando viajar pra lá.

2 comentários:

  1. Parabéns pela idéia de mostrar lugares charmosos. você já foi à Mami
    Gateaux? Que sonho!
    Míriam

    ResponderExcluir
  2. Míriam,
    A última vez que estive lá eu estava grávida do meu filho. Foi uma viagem excelente e deixou saudades, mas logo depois disso tivemos que fazer viagens menores por causa do meu pequeno. Hoje ele tem 3 anos e meio, acompanha tudo que nós fazemos e já começamos a pensar nessas viagens de novo. A diferença, agora, é que temos que preparar o roteiro de modo que seja atraente para ele também. Um pouco mais trabalhoso, mas acredito que sem maiores problemas.
    Um abraço e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails