quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Claridade Em Tons Neutros


Esta antiga Quinta se converteu, após uma reforma minuciosa, em uma casa confortável que transborda claridade em todos os cômodos - e para ficar ainda melhor, a localização é mais que privilegiada.


Para respeitar o estilo clássico do jardim (coberto de alecrim e lavanda) foram selecionados móveis forjados na cor branca. Debaixo da arcada do terraço foi projetada uma área de estar.


Através de um pátio é feito o acesso a um grande espaço que funciona como área de distribuição. Graças às dimensões generosas, foi possível incluir uma pequena sala de estar junto à lareira. Os elementos de iluminação também ganham destaque pela sua grande escala, formas únicas e por serem antigos.



Esta sala de estar se organiza ao redor de uma mesa de centro quadrada. O azul - cor preferida da proprietária - é combinado a outros tons suaves como o da pintura, tapeçaria, assentos e do mobiliário, criando um ambiente suave.



A mesa da sala de jantar foi feita sob medida com madeira de oliveira tratada pelo artesão polonês Zbigniew Pozniak, também autor da pintura decorativa no teto. O armário passou pelo mesmo processo de execução, e exibe portas de madeira de demolição.


Para acrescentar mais aconchego o piso de terracota recebeu um tapete de fibra natural, enquanto que a lareira e o lustre de ferro forjado completam o ambiente.


Com saída direta para o jardim, esta cozinha e a copa são um espaço único, organizados por uma ilha central. Os balcões e soleiras são feitos de granito negro, enquanto o mobiliário é feito de carvalho pintada em dois tons distintos.


O exaustor de alvenaria, as molduras das portas e os pendentes de ferro seguem o estilo clássico.


Mesmo não sendo o dormitório principal, este quarto foi tratado e decorado como tal, todo em tons de cinza. Casa peça foi selecionada a dedo. Existem duas portas-janelas em ângulo, abrindo o quarto para um jardim. As grades da sacada foram compradas uma a uma em um rastro em Madri (rastros são como feiras, geralmente ao ar livre, onde se vendem produtos com preço menor que o usual).



Já neste quarto podemos destacar dois elementos: a lareira e a cama, esta adquirida em um leilão inglês e estofada novamente com linho. O piso é de carvalho, que foi tratado para ganhar um aspecto desgastado.



Este ambiente parece mais um gabinete antigo que um banheiro em plena atividade. A intenção era a de desfrutar de um espaço muito parecido com o próprio dormitório e, ao mesmo tempo, que pudesse ser usado por duas pessoas de uma vez.



Esta casa, para mim, é inspiração em cada detalhe.
Fonte: El Mueble

....................

A Revista

Não é a primeira vez nem vai ser a última que uso a revista espanhola El Mueble para algum post no blog. Se você gosta do estilo que acabei de apresentar, considere comprá-la: é totalmente recheada de matérias assim, tem pouquíssima publicidade e, mesmo importada, o preço é bem acessível: R$7,90 pelo formato menor e R$12,90 pelo formato padrão (o conteúdo é rigorosamente o mesmo, só muda a apresentação da publicação). Garanto que vale a pena.

3 comentários:

  1. Eu adoro a El Mueble, já adquiri alguns exemplares há tempos.Acho totalmente a nossa cara...rsrs...Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Amiga!!Adorei este espaço é de muito bom gosto e de uma elegancia sem igual!!!!!Parabéns!!!!
    te persseguirei!!!!!
    bjossss

    ResponderExcluir
  3. Oi Débora. Não conheço essa revista, mas estou um pouco por fora das revistas. E já que você seleciona tantas coisas lindas, nem é preciso eu correr atrás! Adorei as fotos, tudo muito lindo.
    Outra coisa: adoro ter alecrim e lavanda no pátio, o cheirinho é tão bom! Bjs!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails