domingo, 26 de junho de 2011

Tempo de Mudar


Esta casa apareceu na revista House Beautiful e é assinada por Ty Larkins, que é também o proprietário do imóvel. Logo no início da entrevista, o repórter da publicação queria saber se a renovação daquele velho imóvel havia sido muito difícil.


A pergunta veio como um grande elogio: na verdade ela era recém construída, apesar de realmente inspirada nas casas antigas.



A planta é tradicional, embora o proprietário não tenha nada contra espaços abertos ou lofts. Mas ele preferiu espaços delimitados para cada função, mais adequados ao seu estilo. A cozinha, em especial, é o lugar mais frequentado da casa, ele fez questão de dar privacidade a cada cômodo.



A sala de jantar é a minha preferida: tem um toque francês, mas sutil, sem ficar pesado. As cadeiras foram revestidas por capas de toile (os pratos na parede combinam perfeitamente com elas!) e a estamparia tem o mesmo tom usado nas cortinas. O lustre é novo, apesar de parecer uma peça antiga.



Outro ponto interessante da decoração é que ela é feita basicamente em tons neutros, e as cores são acrescentadas pelos acessórios. Assim, se a família quiser mudar o estilo de algum cômodo, isso pode ser feito facilmente trocando-se as almofadas ou colocando uma luminária nova - e sem estourar o orçamento.


A biblioteca também é linda, confortável, com tons bem saturados e muito diferente do que é feito atualmente - home offices frios e utilitários.


Larkins explica também que compra uma peça de cada vez, com calma, mas que escolhe o melhor que ele pode pagar (deixando claro que ele não é, de maneira nenhuma, uma pessoa abonada).


E na sequência deixa duas frases que são ótimas. A primeira, de Miles Redd: "Compre o melhor e você só vai chorar uma vez". A segunda, "a qualidade será sempre lembrada assim que o preço for esquecido".


Gostou da casa? Pois agora vem a maior surpresa: Ty Larkins é autodidata. Não tem formação como arquiteto ou designer, mas como advogado, e deixou a antiga profissão em busca da sua verdadeira vocação. Valeu a pena, não é?


Fonte: Ty Larkins

9 comentários:

  1. Que máximo ver alguem com uma formação tão distante da arquitetura e produzir algo tão maravilhoso.
    As farses são ótimas!

    ResponderExcluir
  2. Que casa linda! Ele fez muito bem em mudar de profissão... os pendentes são lindos.... vi vários desses para vender num bazar de um orfanato daqui da cidade.

    Também só compro uma peça de cada vez. Até porque para um peça me encantar, não é lá algo fácil.
    Juro que não entendo como uma pessoa consegue entrar num loja, comprar TODOS os móveis para a casa num só lugar e depois fazer TODOS os armários e detalhes e outra de móveis planejados (de laminado plástico).

    Acho que sou muito diferente da maioria das pessoas.... essas facilidades da vida moderna, onde o dinheiro vai embora em peças que são vendidas em quase todos os grandes centros (em escala), não me encantam. Aliás, tenho pa-vor.

    Luana Müller
    http://limobag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Luana,
    Concordo totalmente com vc.
    Também gosto de comprar com calma, e assim consigo reunir peças que realmente me interessam. Passam-se anos e não me canso delas, ao contrário daquelas compras feitas às pressas. Outra vantagem é que, comprando com calma, podemos gastar um pouco mais em cada item e geralmente adquirir coisas melhores.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. E como valeu a pena!!!!

    Espero que veja logo o novo filme de Allen...e conseguiu ver Being Erica?

    Uma ótima semana por aí. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Debora sai muito mais barato, pelo menos nos comparativos que fiz por algumas lojas em Ctba. Para ter uma ideia a moldura foi U$ 20 e o lustre U$ 120. Claro quie tem quew andar (parte triste da coisa) pois tem muitas lojas com mercadoria ruim, as do shopping Americanas acho as melhores.
    Tem também uma loja de lustre de Cristal em uma galeria, menina é um sonho, um mais lindo que o outro, preços salgados mas ainda assim bem mais barato do que aqui.
    Se um dia tiver tempo vá ver, vai em meio de semana para não pegar os sacoleiros, tem bastante coisinhas legauis até mesmo para sua lojinha.

    ResponderExcluir
  6. Amei o estilo da casa e os tons neutros, onde se pode brincar com as cores.
    Te convido a visitar "meu coração", que fala sobre decor, artesanato, bichos, meninas, plantas e mais algumas coisas que alegram a minha vida.
    Beijos carinhosos,
    Nena.
    www.coracaodanena.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Sabe o que eu adorei? As fotos do jardim! Aquela primeira foto está impactante, já separei para mim. Adoro casas e jardins antigos.
    Débora, eu não tenho glicínias. Pode ser algo simples como umidade ou sol, às vezes eu troco plantas de lugar e elas melhoram. Mini rosas são apaixonantes! Adoro mini azaleias também! Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Debora, vi que você se interessou sobre compras no Paraguai. Lá é O LUGAR para conseguir itens clássicos por preços absurdamente bons. Chegam a custa 1/10 do Brasil.

    Não sei se você já visitou o blog Paraguai com Estilo.... tem o link na minha lista de blogs.

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, querida, aos elogios ao meu cantinho...Quanto ao ventilador, é Hunter sim!!! Fiquei louca por ele qdo o vi na revista Minha Casa, nas fotos de um ap aqui de BH. Escrevi no blog da dona desse ap e, para minha sorte e gentileza dela, ela me informou que o ventilador fora comprado em BH mesmo, na Loja Elétrica. Daí fui lá, em pleno inverno, e o comprei, pois fiquei com medo que acabasse e eu fiquei louca por ele...rs A referida loja tem um site, mas por ele não localizei o ventilador, tive que ligar confirmando que teria lá. Mas quem sabe eles enviam aí para vc?? Confira: http://www.lojaeletrica.com.br/loja/institucional.asp?store=10003&template_id=6&partner_id=&id=empresa
    Eu comprei na loja matriz e o atendimento deles é otimo. Boa sorte.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails