segunda-feira, 11 de maio de 2015

Rotinas


Não dou importância para o "Dia das Mães". Nunca pedi presente. Pelo contrário, quando me perguntam deixo claro que prefiro um passeio em família. Geralmente recebo desenhos, cartinhas, coisinhas que meu filho inventa. Nenhum objeto tirado de qualquer prateleira de loja jamais teria o mesmo valor. 

Ser mãe é um trabalho de 24 horas diárias, sem salário, sem descanso. Uma tarefa que nunca tem fim. 

Hoje já fiz café da manhã, ajudei meu filho com a lição, estudei junto para a prova de matemática. Fiz almoço, levei para a aula. No final da tarde, horário cronometrado para não atrasar na saída da escola. Como de costume, preparo um banho quentinho, faço o lanchinho da noite do jeito que ele gosta. Assistimos um programinha na TV (quando dá tempo, fazemos nossa "sessão cinema", com direito a pipoca e alguns docinhos). Coloco ele na cama às 22:30h com um beijo de boa noite. 

E amanhã começa tudo de novo. Faz parte da nossa aventura como mães. E como essa rotina vale a pena!

Tenham uma ótima semana! 

9 comentários:

  1. Debora,
    Eu acho super bacana isso de presentes feitos pelos filhos, estas datas infelizmente são usadas pelo comércio de forma abusiva (e olha que sou publicitária heim rsrs), o mesmo ocorre com Páscoa, Natal, Dia dos Pais, etc...

    Quando éramos pequenas, claro, criança não tem dinheiro, então eu e minha irmã sempre fazíamos alguma coisa, hoje, quando sei que ela quer algo em especial (coisa rara) eu compro, se não, faço minhas arterices e ela curte, por que né, para as mães sempre seremos as "crianças lá de casa..."
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Eu também não ligo pra datas, nem mesmo pra aniversário.
    Mas deve ser uma delícia ganhar esses presentinhos carinhosos dos filhos.
    Minha mãe tem os nossos até hoje e são lembranças boas, inclusive pra quem os fez, rs...
    Beijos e parabéns pelo filhote!

    ResponderExcluir
  3. Não consigo imaginar a vida sem rotinas! Se às vezes elas quase nos enlouquecem, sem elas a vida seria caótica. Sobretudo as crianças precisam ter rotinas e a que você estabeleceu para seu filho é muito bacana!
    Uma feliz semana na sua casa.
    Beijinho
    Ju

    ResponderExcluir
  4. Que gostoso, Debora! São as coisinhas simples que fazem mais sentido, mesmo. Existem tantas maneiras humanas de demonstrar amor e carinho, né? Eu gosto de companhia. Acho que quando tiver um filho, vou gostar de tê-lo por perto, mesmo que seja só pra fazer tarefa do meu lado enquanto trabalho. Pra mim já é uma alegria danada!
    Um beijo!
    Mariana

    ResponderExcluir
  5. Oi Débora, nossos dias das mães são todos os dias, não é? Penso que criar, qualquer um se cria, mas conduzir um filho através da infância e da adolescência é tarefa árdua e requer muito amor, dedicação e doação. Sou casada há 23 anos, mãe de um lindo estudante universitário de 21 anos e até hoje guardo com carinho os trabalhinhos que ele fez desde pequeninho. São tesouros que guardo com amor.
    Que Deus nos ilumine e nos inspire a sermos mães cada vez melhores aos nossos filhotes.
    um beijo
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Meninas, que bom receber os comentários de vocês!

    Eu procuro não valorizar o consumismo em qualquer data, seja Natal, Páscoa, aniversário e por aí vai. Acho legal que a criança entenda a importância da data, mas sem atrelar isso a uma questão comercial.

    Não quero NUNCA que meu filho se preocupe com o valor de um presente que ele me dá. Meu presente de Dia das Mães é esse mesmo: ser mãe. E por isso prefiro um programinha familiar para reforçar esses laços que são tão valiosos!

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro rotina, embora também adore quebrá-la! Acho que com criança a rotina é ainda mais importante e saudável. Quanto às datas, gosto sempre de celebrar. Presente físico não é importante, mas o marido sempre trouxe alguma coisa, então hoje os filhos acabam seguindo esse exemplo. Achei lindo minha filha de 11 anos escolher um colar de coração, imprimir uma foto nossa e colocar dentro, tudo por iniciativa própria. Pedacinhos de amor...

    ResponderExcluir
  8. Meus filhos já cresceram.
    Então essa rotina com eles, não tenho mais.
    Mas achava legal aquele corre-corre.
    Pelo menos não lembro de reclamar.
    Mas gosto de ganhar presentes.
    Esses da Escola e outros de lojas.

    ResponderExcluir
  9. O consumismo tomou conta escurecendo o verdadeiro significado das datas...
    Uma pena!
    Acho que para criança criar uma rotina seja bom (mas ainda não tenho filhos para expressar bem a minha opinião...rsrs) e ter o carinho deles com mimos feitos por eles próprios deve ser ainda melhor *-*

    Beijos,

    http://laresmeraldafeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails